APA DE FERNANDO DE NORONHA
Área de Proteção Ambiental
de Fernando de Noronha - Rocas - São Pedro e São Paulo
 
< Fernando de Noronha >
Alameda do Boldró s/Nº  -  Fernando de Noronha

Superfície
96.000 hectares.

Bioma
Ecosistemas Costeiros

Esta APA foi criada para proteger e conservar a qualidade ambiental e as condições de vida da fauna e da flora; compatibilizar o turismo organizado com a preservação dos recursos naturais e conciliar, no Território Federal de Fernando de Noronha, a ocupação humana com a proteção ao meio ambiente.


Morro Dos Irmãos  -  Fernando de Noronha

Fernando de Noronha ou Fernão de Noronha é um arquipélago pertencente ao estado de Pernambuco, formado por 21 ilhas e ilhotas, ocupando uma área de 26 km2, situado no Oceano Atlântico, a leste do estado do Rio Grande do Norte.


Fernando de Noronha

A maior parte do arquipélago foi declarada Parque Nacional, com cerca de 8 km2 para a proteção das espécies endêmicas lá existentes e da área de concentração dos golfinhos rotadores (Stenella longirostris) que lá se reúnem diariamente na Baía dos Golfinhos - o lugar de observação mais regular da espécie em todo o planeta.


Golfinhos Rotadores  -  Fernando de Noronha

Embora protegida pela designação de Parque Nacional, muito do seu ecossistema terrestre está destruído. A maior parte de vegetação original foi cortada na época em que a ilha funcionava como presídio, para tornar mais difícil que prisioneiros fugissem e se escondessem.


Fernando de Noronha

Existe também o problema das espécies invasivas, especialmente a linhaça, originalmente introduzida com a intenção de alimentar gado, sendo que atualmente, a sua disseminação pelo território está fora de controle, ameaçando o que resta da vegetação original.
Sem a cobertura das plantas, a ilha não retém água suficiente durante a estação seca, e a vegetação adquire um tom marrom, secando como consequência.
Observa-se também a incoerência da permissão de criação de ovelhas na ilha, ao mesmo tempo que se pede aos visitantes que preserve a Mata Atlântica insular, em recuperação.


Fernando de Noronha

Outra espécie invasiva é o lagarto localmente conhecido como teju, originalmente introduzido para tentar controlar uma infestação de ratos. A idéia não funcionou uma vez que os ratos são noturnos e o teju diurno. Actualmente o lagarto passou a ser considerado praga em vez dos ratos.


Teju  -  Fernando de Noronha

O Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha possui uma variedade de fauna e flora únicas.


Praia do Cachorro  -  Fernando de Noronha

br.viarural.com > serviços > áreas de proteção ambiental > pernambuco

AGRICULTURA CONSTRUÇÃO E PECUÁRIA NO BRASIL