Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema
 
< Jateí  -  Naviraí  -  Taquarussu >
Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos
Imap - Instituto Meio Ambiente Pantanal
Parque dos Poderes  -  Campo Grande

Bioma: Floresta Estacional.
Área: 73.345 ha.
Unidade de Proteção Integral

Conforme o decreto de criação, é de 73.345,15 hectares, sendo Jateí  (42.846 ha.), Naviraí (16.284 ha.) e Taquarussu (14.214 ha.)

Os varjões do Parque do Ivinhema compreendem o último trecho livre, sem represamento, do rio Paraná. É uma área de inundações periódicas, protegendo refúgios de espécies animais e vegetais do cerrado e da floresta estacional e objetiva conservar os fragmentos de florestas, os remanescentes de várzea e ecossistemas associados dos rios Ivinhema e Paraná.

Os varjões do Parque do Ivinhema compreendem o último trecho livre, sem represamento, do rio Paraná. É uma área de inundações periódicas, protegendo refúgios de espécies animais e vegetais do cerrado e da floresta estacional.

Os principais objetivos de conservação do Parque são: conservar os fragmentos de florestas, os remanescentes de várzea e ecossistemas associados dos rios Ivinhema e Paraná; manter mecanismos de regulação natural das bacias hidrográficas locais e promover a preservação da diversidade genética das espécies que habitam o Parque, principalmente, aquelas ameaçadas de extinção.

br.viarural.com > serviços > parques estaduais > mato grosso do sul

AGRICULTURA CONSTRUÇÃO E PECUÁRIA NO BRASIL