Parque Nacional do Monte Pascoal

< Porto Seguro >
Rua Rio Grande do Sul 84 - Centro  -  Itamaraju

Superfície
22.383 hectares.

Há notícias sobre a existência do grupo indígena Pataxó no extremo sul da Bahia desde o século XVI. Esses indígenas, que naquela época já eram bastante influenciados pela cultura civilizada, possuíam pequena tradição agrícola, o que aliado ao assédio dos madeireiros da região, levou- os a desmatar e comercializar a cobertura vegetal nativa existente.


Monte Pascoal  -  Parque Nacional do Monte Pascoal

Este fato aliado à expansão agrícola da região culminou com a propostas de criação da unidade.
A primeira proposta de protegê-lo partiu da comissão nomeada pelo Governo Federal na década de 30, encarregada de determinar o exato ponto do descobrimento do Brasil, presidida por Bernardino José de Souza.
A concretização dessa proposta partiu do General Pinto Aleixo, que criou o parque Monte Pascoal em terras devolutas do estado.


Condessa  -  Parque Nacional do Monte Pascoal

O Monte Pascoal foi o primeiro ponto de terra avistado pelos portugueses em 1.500, quando descobriram o Brasil. O monte avistado foi batizado por Pedro Alvares Cabral com o nome de Monte Pascal. O nome da unidade é devido a este monte.


Parque Nacional do Monte Pascoal

Acesso
O acesso é feito a partir de Salvador ou Vitória.
Segue-se até o km 795 da BR-101 e, a partir daí, percorrem-se mais 14 km de asfalto até a entrada do parque.


Fruta-do-Conde  -  Parque Nacional do Monte Pascoal

Clima
O clima da região do Parque pode ser considerado de úmido a super úmido, tropical e subtropical, apresentando uma temperatura média entre 21 e 24,2° C. Conta ainda com precipitações com médias anuais em torno de 1500 a 1750 mm. A umidade relativa do ar fica em média em torno de 80% durante todo ano.


Parque Nacional do Monte Pascoal

Relevo
O relevo é caracterizado pelos depósitos de praias, às vezes com bancos de recifes, extensas planícies costeiras, tabuleiros da formação barreiras, colinas e pequenas serras de rochas cristalinas.


Parque Nacional do Monte Pascoal

Flora
Abriga um dos últimos remanescentes da Mata Atlântica, tendo como vegetação predominante a Floresta Tropical Pluvial.
Segundo aspecto fisionômico e estrutural esta tipologia assemelha-se à Hileia Amazônica, apresentando um vegetação densa e exuberante. Algumas espécies de ocorrência são visgueiro, farinha-seca e anda-açu (grande porte).


Farinha-seca

Fauna
O Parque tem grande diversidade faunística.
Entre os mamíferos destacam-se: veado-campeiro e a ariranha, ambos ameaçados de extinção.
Ainda conta com alguns raros, como: ouriço preto, preguiça de coleira e o guariba.
Já os carnívoros pode-se citar a suçuarana e a tradicional onça.
As aves ameaçadas de extinção: urubu-rei, macuco e mutum.


Urubu-rei

br.viarural.com > serviços > parques nacionais > bahia

AGRICULTURA CONSTRUÇÃO E PECUÁRIA NO BRASIL