RESERVA BIOLÓGICA
DO LAGO PIRATUBA
Reserva Biológica do Lago Piratuba
 
< Amapá  -  Pracuuba  -  Tartarugalzinho >
Ibama - Superintendência em Macapá
< Rua Hamilton Siva 1570  -  Macapá >

Superfície
357.000 hectares.
 
Bioma
Amazônia 100%

Floresta Ombrófila Densa 8%
Formações Pioneiras 92%

Objetivos
Proteger a flora e fauna do ecossistema amazônico, de transição e lagunar, principalmente.


Reserva Biológica do Lago Piratuba

Clima
A temperatura média anual é da ordem de 26 ºC, sendo os meses de setembro a dezembro os mais quentes, e junho a agosto, mais amenos, com mínima nunca inferior a 22 ºC.
A precipitação anual é superior a 3.250 mm, com um período seco entre setembro e novembro.
A umidade relativa do ar fica em torno de 80%.
Relevo
O relevo é caracterizado por apresentar grandes planícies.
A região é sujeita a inundações periódicas, com trechos permanentemente alagados, com caraterísticas de colmatagem evidenciados pelos palecanars e lagos residuais.
As planícies são formadas por sedimentos de origem mista, fluvial e marinha.
Flora
Existe grande diversidade de formações vegetais e ecossistemas, abrigando algumas manchas de Floresta Tropical Densa de planície aluvial, compreendendo a sub-região dos campos de planície do Amapá e a sub-região do litoral (manguezal), bem como os ecossistemas de transição entre estas formações.
O mangue ocupa áreas justamarítimas, da foz do rio Araguari até o canal Turiura no limite norte da Reserva, apresentando espécies como a siriúba, o mangue-vermelho e o mangue-amarelo.


mangue vermelho

Fauna
A fauna da Reserva é muito rica e diversificada.
Entre os quelônios é provável a ocorrência de várias espécies. Já foram registradas desovas, nas praias arenosas entre os rios Calçone e Amapá das tartarugas marinhas de duas espécies (Chelonia midas e Dermochelys coriacea).
Várias espécies de aves utilizam-se dos manguezais como ponto de apoio para suas migrações como o pelicano, por exemplo.
Avista-se ainda a águia-pescadora, o maçarico e o talha-mar, entre outros.
A formação dos campos alagados tem como residentes a capivara, lontra, o mão-pelada e a preguiça.


macaco-de-cheiro

Fonte: Ibama
br.viarural.com > serviços > reservas biológicas > amapá

AGRICULTURA CONSTRUÇÃO E PECUÁRIA NO BRASIL